• Marilia Naspolini Studio

Estabelecer uma meta


Embora seja difícil determinar uma quantidade ideal de gordura, até porque isso depende do seu objetivo, o excesso de gordura está associado a um grande número de doenças crônico-degenerativas.

Mas o extremo também é preocupante, já que pouquíssima gordura também pode ter consequências nocivas à saúde, como desequilíbrio hormonal – incluindo disfunção reprodutiva nas mulheres.

De qualquer forma, medir o percentual de gordura corporal é a maneira mais assertiva de avaliar seu progresso nos treinos e na dieta.

Porém, para que essa avaliação tenha algum sentido, é de extrema importância que você defina metas, já que ter uma meta é um pré-requisito para realmente chegar a algum lugar. Do contrário, embora tenha um mapa em mãos, você estará apenas andando em círculos.

Só tenha cuidado com as metas que você estabelece. Digo isto porque os dois maiores erros de quem está começando ou quer se manter em um planejamento de treino e dieta são:

1) não estabelecer meta nenhuma ou

2) estabelecer metas audaciosas demais.

#1: Não estabelecer meta nenhuma

Você entra na academia, faz a avaliação que está inclusa na taxa de adesão, monta seu treino de musculação e pensa: “Agora vai!”

Daí você nunca mais volta naquela salinha (pois só lembra como foi vergonhoso aquela pessoa pegando nas “suas banhas”), não vai a um nutricionista e também não tira qualquer medida em casa.

Bom, não sei se vocês viram o desenho da “Alice no país da maravilhas”, mas quando ela se perde na floresta, o gato de botas pergunta pra onde ela quer ir e ela diz que não sabe.

O gato então responde:

"Se você não sabe pra onde quer ir, qualquer lugar serve.”

Da mesma forma, se você não estabelece metas e não sabe onde quer chegar, qualquer coisa serve: qualquer treino, qualquer dieta, qualquer suplemento, qualquer resultado…

Para ter resultado de verdade, não se esqueça: é preciso estipular um resultado de verdade! Caso contrário, é muito fácil perder a motivação e desistir de tudo.

Inclusive, a prática de estabelecer metas (em todas as áreas) é um dos 14 hábitos que podem transformar sua vida.

Acredite: ver uma evolução, mesmo que pequena, é muito melhor do que não ver evolução nenhuma. Se você não tem objetivos e não se avalia constantemente, acaba se prendendo a hipóteses.

E a hipótese mais comum é achar que o peso na balança é uma verdade absoluta. Mas agora você já sabe que não.

Já chega de se matricular, pagar a academia por 1 ano e

ir só alguma semanas, né?

#2: Estabelecer metas audaciosas demais

“Uma meta sem um plano é só um desejo.”

“Eu quero ficar igual a Juju Salimeni.”

Realmente, a Juju é maravilhosa! Afinal, quem não gostaria de ficar igual a ela? Mas acontece que ela é ela, eu sou eu e você é você.

Podemos nos inspirar nela ou em qualquer outra musa fitness, mas não podemos, jamais, querer ter o corpo que elas têm.

Afinal, não comemos o que elas comem (e principalmente, não deixamos de comer o que elas deixam de comer), não treinamos há tanto tempo quanto elas, ou não na mesma intensidade, ou não com a mesma dedicação.

Na maioria dos casos, não temos a mesma situação financeira, nem acesso às informações, produtos e tratamentos que elas têm.

Não temos a mesma história, a mesma genética, o mesmo biotipo. Tudo isso porque, como já falei, somos únicas.

Então, antes de estabelecer uma meta desse tipo, leve tudo isso em consideração. E no final das contas, você vai ver que só é possível atingir um único objetivo: ser a melhor versão de você mesma!

Com isso em mente, a chance de se frustrar é muito menor. Em compensação, as chances de se amar e se valorizar só aumentam.

Venha conhecer o PROGRAMA NA MEDIDA e ser a melhor versão de você mesma!

Fonte: Guida da Boa Forma

#meta #metabolismo #dieta #treinando #treino #treinamento #treinamentopersonalizado #TRX

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo