• Marilia Naspolini Studio

“Comecei a malhar e engordei!”


Essa é uma preocupação muito comum para algumas pessoas que começam a treinar.

Mas se você está treinando diariamente e os ponteiros da balança não descem, de duas uma:

  • ou você está gastando menos calorias do que consome

  • ou você está ganhando massa magra, o que definitivamente é ótimo!

Mas afinal, fazer academia engorda?

Em primeiro lugar, é importante saber que uma avaliação de composição corporal poderá esclarecer as causas da estagnação ou aumento de peso.

Antes que você pense que está fazendo algo errado durante o treino ou queira desistir dos exercícios de vez, é preciso entender como o corpo funciona em relação ao seu peso.

Mas o que é massa magra e massa gorda?

As pessoas comentam que você emagreceu, você se enxerga mais fino no espelho, as roupas estão cada vez mais largas, mas o seu peso permanece igual ou está subindo.

Se isso está acontecendo com você, não se preocupe!

A resposta do seu corpo aos exercícios não poderia ser melhor e provavelmente o seu peso não diminui porque você está ganhando massa corporal magra.

A massa gorda significa todo o peso de gordura que temos no corpo. São os famosos “pneuzinhos” e “dobrinhas” indesejáveis.

Em pouca quantidade, ela ajuda a proteger os nossos órgãos e manter a temperatura corporal, mas em excesso ela pode ser responsável por causar além das gorduras localizadas, sérios problemas de saúde como obesidade, diabetes, hipertensão arterial e problemas cardíacos.

O que é massa magra?

A massa magra é composta por músculos, órgãos vitais e ossos, enquanto a massa gorda é o peso da gordura que temos no corpo.

Quanto mais gordura eliminarmos, mais massa magra fará parte do nosso corpo.

Uma alta quantidade de massa magra possibilita uma maior e mais rápida perda calórica. Para obtê-la, é necessária uma alimentação rica principalmente em proteínas, e a prática de atividades físicas.

Tenha sempre em mente que os ponteiros da balança podem subir ainda que você mantenha um plano alimentar equilibrado.

E os resultados são melhores quando você treina simultânea e sistematicamente.

Invista em exercícios aeróbicos, combinados com uma série de musculação.

Lembre-se de que o peso a mais, nesse caso, normalmente é sinônimo de beleza e saúde.

Musculação: aumento de peso é inevitável?

Mas se novamente o desconforto é: “comecei a fazer academia e engordei”, saiba que a resposta é muito mais simples que você pensa para essa questão.

A massa muscular é mais densa que a massa gorda.

Justifica-se aí a redução de medidas e a manutenção ou ganho de peso.

Faça o teste em um açougue ao pedir 1 kg de músculo e 1 kg de gordura, depois disso compare o volume de ambas as peças. É visualmente surpreendente!

Essa é a razão pela qual duas mulheres da mesma altura e com o mesmo peso podem ser totalmente diferentes esteticamente. Enquanto uma pode ter um alto índice de gordura corporal, a outra outra pode contar com uma boa densidade muscular.

Fisiculturistas são bons exemplos de pessoas pesadas mas que não são gordas. Normalmente esses atletas pesam cerca de 100 quilos, e em época de competições passam a ter os percentuais de gordura entre 3 a 5% – praticamente nada. Ou seja, a grande quantidade de músculos é que os fazem pesar tanto.

Visto isso, é importante pensar que cada tecido funciona de forma diferente, e portanto, a massa gorda não se transforma em músculo, e vice versa. O que acontece é a perda de um, e ganho do outro, ou então, o ganho ou perda dos dois simultaneamente.

No entanto, muitos exercícios acabam provocando tanto a perda de gordura como de músculos, o que não é bom para a saúde, nem esteticamente. Por isso é necessário se alimentar e se exercitar corretamente, sempre com a instrução de especialistas.

Aí se você está certa de que emagreceu, sua alimentação está saudável, as roupas ficaram largas, mas o ponteiro na balança continua no mesmo lugar, não se preocupe. Provavelmente, o seu peso não abaixa porque você está aumentando a quantidade de massa magra do seu corpo.

A união de um programa de exercícios físicos regular com um profissional da área e uma boa alimentação, faz com que os músculos cresçam, e consequentemente o peso aumente. Mas isso não significa estar engordando.

O adipômetro serve para medir as dobras cutâneas e com isso chegar ao percentual de gordura do corpo.

Portanto, não se prenda aos valores da balança. Troque-a por uma fita métrica ou um adipômetro, pois perder medidas e reduzir o percentual de gordura será mais significativo para alcançar o objetivo do emagrecimento.

Além disso, pessoas muito magras, com o objetivo contrário, também podem ganhar peso dessa forma e continuarem saudáveis.

E isso serve principalmente para pessoas que realizam atividades físicas, especialmente definição muscular com foco na hipertrofia, o ideal é não se prender aos resultados apresentados na balança, pois ao final de um treino ou no decorrer dos ciclos, é mais do que normal que o peso suba.

#queimargordura #abdomem #queimarcalorias #emagrece #emagrecer #TRX #personaltrainer #treinamentopersonalizado

112 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo